7 ações de Júlia Lucy para fomentar o empreendedorismo no DF

“Com o desemprego em alta e a crise econômica, precisamos priorizar os investimentos em áreas essenciais como a saúde e a educação e direcionar esforços para auxiliar quem mais precisa, incentivando a geração de emprego e renda”, defende Julia Lucy.

1-Eficácia

Primeira representante do Partido Novo a chegar à Câmara Legislativa, a deputada Júlia Lucy tem se destacado na missão de desburocratizar o Distrito Federal e trabalhar para fomentar a economia. Com o propósito de eficiência, ela quer fazer mais com menos!

2-Economia

Sem utilizar verba indenizatória, cota postal, cota de telefone e utilizando apenas 50% da verba de gabinete para contratação de assessores, Júlia Lucy já economizou quase R$ 3 milhões dos cofres públicos, até o momento.

3-Atua em várias frentes

Procuradora Especial da Mulher da Câmara Legislativa e presidente das Frentes Parlamentares do Comércio Varejista, da Construção Civil, da Primeira Infância e da Economia Criativa, ela conseguiu vitórias importantes nesses quase dois anos de mandato.

4-Empreendedorismo

A articulação de Júlia Lucy junto aos parlamentares e ao Poder Executivo permitiu a votação do Refis 2020 pela CLDF, após idas e vindas da proposta. Outra importante iniciativa da deputada para fomentar o empreendedorismo foi a aprovação da lei (nº 6.675/ 20), que dispõe sobre as autorizações automáticas para expedição de localização e funcionamento de atividades econômicas e auxiliares.

5-Educação domiciliar

A parlamentar é uma das autoras do projeto de lei que regulamenta a educação domiciliar no Distrito Federal, aprovado em 2º turno pela Câmara Legislativa na tarde de terça-feira (01) e da lei (nº 6.731/20), que instituiu a Política de Prevenção e Atendimento à Gravidez na Adolescência.

6-Desburocratização

Júlia Lucy também é autora da primeira lei de “Sandbox” do Brasil (nº 6.653/2020), instituindo uma “zona livre” de encargos para que as empresas testem seus produtos e serviços sem as amarras burocráticas.

7-Relatoria e autoria de projetos

A deputada foi relatora do Código de Defesa do Contribuinte e responsável pelas três primeiras revogações de leis no DF; a lei (nº 6.483/2020), que acabou com a obrigatoriedade da comercialização de preservativos em estabelecimentos como bares, restaurantes e similares, a lei (nº 6.681/20), que desobriga a informação de calorias nos cardápios de bares e restaurantes e a lei (6.714/20) que revogou a proibição do pagamento em dinheiro no transporte por aplicativos.

Texto | @kesiapaos | Késia Paos

https://www.youtube.com/watch?v=5miWhuUXvOM&t=49s