7 boas notícias sobre o coronavírus (parte 7)

As notícias positivas nos fazem acreditar que vamos vencer o coronavírus com a união e a bondade. Se você acredita nisso compartilhe boas informações para confortar e levar alegria para muitas pessoas que neste momento estão passando pelos mais diversos e intensos sentimentos.

1-Grupo Boticário doa 216 toneladas de itens de higiene para pessoas em vulnerabilidade social

A fabricante de cosméticos Grupo Boticário intensificou a produção de produtos de higiene para doação a pessoas em vulnerabilidade social ,por causa da pandemia da covid-19.

2-Dona da Amil doa R$ 38 milhões para combate ao coronavírus

O valor será destinado para a compra de equipamentos de proteção, fabricação de testes, habilitação de leitos para uso do sistema público e ações sociais.

3-Itaú anuncia doação de R$ 1 bilhão para combate ao coronavírus

Itaú Unibanco anunciou a doação R$ 1 bilhão para o enfrentamento à pandemia da covid-19.A quantia tem o objetivo de fortalecer o atendimento de saúde, inclusive no Sistema Único de Saúde (SUS).

4-Hospital da Criança do DF recebe doação de 5 mil máscaras

O projeto Multiplique Amor criou uma ação nas redes sociais com ajuda de voluntários para auxiliar no abastecimento de equipamentos de proteção para quem trabalha na rede pública de saúde local.

5-BBB Rafa Kalimann deve doar R$ 150 mil para pessoas afetadas pela pandemia do coronavírus

Vice-campeã do Big Brother Brasil, Rafa Kalimann ganhou R$ 150 mil com a participação no reality e afirmou que vai doar o prêmio do reality para alguma instituição que esteja ajudando pessoas afetadas pela pandemia do coronavírus.

6- Zezé Di Camargo doa máquina avaliada em R$ 1 milhão para hospital de campanha da Covid-19

O hospital de campanha paulistano recebeu o equipamento que será utilizado para tratar o material hospitalar infectado pelo contato com pacientes de Covid-19 e poderá reciclar os resíduos sem a necessidade do transporte.

7-Greta Thunberg doa 100 mil dólares para a luta contra o coronavírus

A jovem ativista usou seu prêmio que ganhou do Unicef para ajudar a instituição a proteger crianças vulneráveis da covid-19.

Texto| @kesiapaos | Késia Paos