7 coisas sobre o canal do YouTube Porta dos Fundos

O Porta dos Fundos é um canal de humor ácido no Youtube muito famoso. O canal foi pensado para existir somente na internet, sem preteções de migrar para a televisão. Mesmo assim os produtores já receberam várias propostas para transformar o Porta dos Fundos num programa de TV.

1-Criadores

Fábio Porchat, Ian SBF e Antônio Tabet, criador do site de humor Kibe Loco decidiram formar uma parceria para lançar um canal com esquetes humoradas logo em 2011. Rapidamente após ir ao ar o primeiro episódio do Canal Porta dos Fundos teve um alcance de visualizações foi meteórico.

2-Destaque

O canal ganhou destaque depois que produziram um episódio ironizando o atendimento da rede de Fast Foods Spoleto.

3-Polêmica

O canal tem em seu DNA a polêmica. No ano de 2013 no episódio especial de natal os produtores publicaram um vídeo que mostra que teria havido relações sexuais de Maria com Deus o que gerou muita revolta entre grupos religiosos.

4-Mais polêmica

No final de 2019 o estúdio sede do Porta dos Fundos foi atacado com dois coquetéis molotov.  O motivo foi mais um episódio polêmico em que Gregorio Duvivier interpreta o personagem de um Jesus Cristo em um relacionamento homoafetivo com Orlando. O episódio foi ao ar pela Netflix e revoltou muitos religiosos.

5-Filmes

Desde 2013, o Porta dos Fundos publica especiais de Natal em dezembro. O filme de 2019 foi o “Se beber, não ceie”, que venceu o Emmy e foi sensurado.

6-Estreia no TikTok

O Porta dos Fundos também está disponível agora no TikTok. A estreia foi em 25 de maio, data em que foi comemorado o Dia do Orgulho Nerd.

7-A cura é o humor

Com a pandemia todo o mercado precisou se reinventar, e não foi diferente com o Porta dos Fundos. A produtora tem criado novos formatos e quadros para desenvolver o Humor da Identificação na plataforma do YouTube.

Texto | @kesiapaos | Késia Paos