7 coisas sobre o Dia de Pentecostes e suas celebrações

Natal, Páscoa e Pentecostes são as três grandes manifestações de Deus.
Em Pentecostes, Jesus envia o Espírito Santo com 7 dons: sabedoria, entendimento, conselho, fortaleza, ciência, piedade e temor de Deus. O Espírito Santo é o que nos aproxima da essência de Deus, por isso é uma festa tão grande. É a festa do “recebimento” deste Espírito que acompanha o homem durante sua vida, mas não tem relação com o espírito enquanto personificação em outra matéria, é mais relacionado ao entendimento e/ou sentimento, é mais a voz interior.

1-Texto bíblico principal

Atos 2:1 a 4. Chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar. De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu toda a casa na qual estavam assentados. E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito os capacitava.

2-Conhecido por outros nomes

No antigo testamento o pentecoster era conhecido como festa da colheita, festa das semanas, dia da primicias dos frutos, festa de pentecostes.

3-Significado

Petencostes não é um nome próprio da festa. É um nome derivado dos gregos e significa 50 dias depois da Páscoa.

4-Regras e orientações sobre a festa

Os livros de Deuteronômio e Levítico trazer muitas regras, orientações e características da festa.

5-Morada do Espírito Santo

No Novo Testamento, a data é marcada como o início da morada que o Espírito Santo faz em cada cristão.

6-Reunião de Cristãos

Petencostes no Novo Testamento acontece durante uma reunião de cristãos e é marcado por um vento forte, barulho alto e algo como fogo que se dividiu e tocou a cada pessoa que estava naquele local.

7-Cristãos espalhados pelo mundo

Depois do petencostes no Novo Testamento, houve perseguição aos cristãos e, com isso e com as viagens de Paulo, espalhou-se cristãos por todo o mundo conhecido.

Texto | @kesiapaos | Késia Paos