7 coisas sobre o documentário do Globoplay da BBB21, Karol Conka

1| Estreia em Abril

O documentário sobre a ex-sister que bateu recorde de rejeição no BBB 21 tem a data de estreia marcada para o dia 29 de Abril e já está gerando repercussão na internet.

2| Trocadilho com seu maior hit

O nome do documentário na verdade é um trocadilho que faz referência ao maior hit da cantora, que acabou “tombando” com suas atitudes no BBB 21.

3| Incentivo para o retorno a carreira

A Globo criou o documentário para mostrar como é os bastidores de uma artista que esteve em ascensão, mas se queimou por alguma atitude que levou ao “cancelamento” e assim, ajudar a artista a conseguir dar a volta por cima.

4| Ex colegas estão  negando a se encontrar a cantora

Os ex-BBBs que dividiram a casa com a rapper, estão se negando a encontrar com ela, alguns por mágoas e outros para evitar “manchar” sua imagem, por conta do que aconteceu no programa.

5| Entrevista coletiva

O documentário entrevista Karol, seus familiares e amigos próximos, que  prometeram não passar pano para o comportamento que a rapper teve dentro do confinamento, observando os erros e vendo o que precisa ser trabalhado. 

6| A reparação dos erros

Após perceber que teve um comportamento nada agradável no programa,  Karol tem mostrado arrependimento e disposição para se tornar uma pessoa melhor do que mostrou ser durante o confinamento.

7| A luta contra o cancelamento

A principal estratégia que Conká tem seguido é dar uma sumida das redes sociais, se limitando a postar apenas fotos de paisagens e memes.

Texto redigido por @GabiLeaoDisney