7 cuidados com idosos em tempo de coronavírus

As pessoas acima de 60 anos são mais vulneráveis ao coronavírus. É preciso ter um cuidado especial com essa faixa etária de pessoas e principalmente com aqueles que tenham diagnóstico de alguma doença crônica. Com o envelhecimento natural a capacidade do sistema imunológico diminui e esse grupo fica mais suscetível a diversos vírus.

7 cuidados básicos com os idosos neste período de Coronavírus

1- Lavar as mãos com maior frequência

Essa é uma das primeiras dicas. Talvez a que mais você já ouviu falar por aí. Mas é necessário enfatizar que com os idosos a importância da higienização tem que ser redobrada para evitar o contágio. E, sempre que possível, reforçar a esterilização do ambiente de convívio.

2- Evite o contato pessoal

A regra vale tanto para pessoas recém chegadas de áreas com casos confirmados da doença ou não. Evite beijos e abraços, ao menos por enquanto. Mantenha o carinho digital e não deixe de ligar para o tio, a tia, o avó, etc.

3-Evitar multidões

Se você conhece algum idoso, familiar ou não. É hora de praticar a gentileza! Se ofereça para ir ao supermercado, padaria e outros locais locais fechados. Veja em grupos do whatsapp, pesquise no Facebook e se coloque a disposição de facilitar aquisição de produtos para os mais vividos.

4- Verificar se as vacinas estão em dia

Este ano, por conta da pandemia do coronavírus, o Ministério da Saúde adiantou a campanha da vacinação. O primeiro grupo será estima-se que começa a ser vacinado no dia 23 de março. Cuidar é um gesto de amor. E, com saúde, a vida se torna mais leve!

5- Alimentação balanceada

Manter uma boa alimentação e fazer atividade física regularmente é essencial. Isso ajuda a retardar a deterioração do sistema imunológico.

6- Higiene preventivo

Familiares e cuidadores de idosos também precisam redobrar a atenção. “Pessoas que tiverem contato com idosos precisam lembrar de cuidar da higiene das mãos”.

7- Fique em Casa | #FiqueEmCasa

A campanha do Governo e de quem tem carinho pelo próximo. E, em tempo de infestação. Ficar realmente sem se deslocar de casa. E, só sair em caso extremo. Idosos, evitar idas em hospitais, lugares com aglomeração de pessoas e ambientes de risco.

Texto|@kesiapaos| Késia Paos