7 fatos sobre o Apagão do Amapá e o que precisamos saber

O estado do Amapá está sem energia há mais de uma semana. Um incêndio desligou a linha de transmissão e as usinas hidrelétricas que abastecem a região.

1-Solução

O Ministério de Minas e Energia autorizou a contratação emergencial de usinas térmicas para retomar o fornecimento.

2-Contas de energia caras

Moradores começaram a divulgar na internet fotos de contas de luz antigas, com cobranças de até R$ 1.400 por mês.

3-População no escuro

Cerca de 90% da população do Amapá permanece no escuro. Mesmo após 11 dias do incêndio, boa parte do estado ainda convive com os transtornos provocados pelo apagão.

4-Suspensão das eleições

O blecaute motivou a suspensão das eleições em Macapá no domingo (15). O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) confirmou as novas datas das eleições 2020 na cidade. O primeiro turno será realizado no dia 13 de dezembro e o segundo turno será dia 27 de dezembro.

5-Protestos

O blecaute provocou cerca de 80 manifestações de moradores de bairros e cidades aconteceram por todo o estado.

6-Falta de manutenção

 O equipamento, que deveria estar disponível para substituir um dos dois que operavam no dia do incêndio, está em manutenção desde 2019.

7-Rateio

Gastos com apagão no Amapá serão divididos com todos os brasileiros na conta de luz.

Texto | @kesiapaos | Késia Paos