7 livros para maratonar durante a crise do coronavírus

Entretenimento

Um dos efeitos inesperados do coronavírus é que com mais tempo ocioso, crianças sem aula e trabalho remoto as pessoas estão buscando formas de entretenimento sem sair de casa. Sendo assim, a epidemia refletiu no consumo digital dos brasileiros.

Em relação a janeiro de 2019, o faturamento das livrarias monitoradas pelo instituto de pesquisa GfK cresceu 5,7%. Em volume, o aumento foi de 8,2%. Aumento considerável. E se você ainda não decidiu qual livro ler ou se já está lendo algum confira essas dicas!

7 livros | para ler durante a quarentena

1-O filho de mil homens

Romande de um escritor português Valter Hugo Mãe, que conta a história de um pescador chamado Crisóstomo, um quarentão que sempre quis ser pai e de repente conhece um menino órfão de nome Camilo. Os dois inventam e constroem uma família em vinte capítulos.

2-A grande magia

Da mesma autora de Comer, Rezar e Amar, lizabet Gilbert. Esse livro conta a história da autora em sua paixão pela escrita. Em suma a narrativa destaca que não devemos desistir da profissão que amamos. É uma obra que fala de criatividade e de como lidar com o trabalho.

3-A Única Coisa – o Foco Pode Trazer Resultados Extraordinários para sua vida

Do autor Gary Keller, o livro com um linguagem fácil discorre sobre como escolher “uma única coisa é o melhor caminho para você conseguir o que quer”. A obra literária te leva a refletir sobre qual atividade te faz sentir completo e como o foco pode te ajudar a enxergar o futuro com nitidez e se planejar melhor.

4-O mundo de Sofia

O Mundo de Sofia é um romance escrito por Jostein Gaarder.O romande da história da filosofia. Não é um livro didadito. Mas que foi escrito para despertar o interesse de jovens e adultos. Sofia recebe cartas e descobre o sentido da vida.

5-Uma Duas

Da jornalista Eliane Brum. Com uma riqueza descritiva, o romance discorre sobre a relação entre mãe e filha que após um acidente se reaproximam e relembram de traumas. Uma obra provocativa que vale a pena ler.

6-Racismo Recreativo

Um livro de Adilson Moreira que aborda uma reflexão de como as expressões humorísticas, que estamos tão acostumados a ouvir no cotidiano, podem ter características depreciativas se pararmos para refletir o quanto reproduzem alguns esteriótipos negativos sobre minorias raciais.

7-Fama e Anonimato

Obra literária do autor Gay Talese. É um livro reportagem que conta com riquesa de detalhes sobre uma não entrevista com o Frank Sinatra e revela um retrato minucioso do cotidiano de pessoas anônimas em Nova Iorque.

Texto: Késia Paos