7 lugares para fazer ensaios fotográficos em Brasília

Está em busca de um cenário perfeito para aquele ensaio fotográfico especial em Brasília?! Nosso quadradinho é repleto de lugares incríveis e fotogênicos.

Pensando nisso, nós, do blog, listamos sete lugares para te ajudar nesta escolha especial. Confira:

7 lugares para fazer ensaios fotográficos em Brasília

1| Praça dos cristais

Localizada no Setor Militar Urbano, em frente ao QG do exército, a Praça dos Cristais é um ambiente bem agradável e seguro para se tirar as fotos.

2| Setor hoteleiro

Pra quem gosta de uma pegada mais Urbana, na maioria das vezes perto de hotéis temos prédios altos incríveis, espelhados, ficam ótimos nas fotografias, legal ir antes no local para ver se tem problema ou não fotografar por lá, aqui em Brasília temos o Setor Hoteleiro sul e o norte, relativamente bem próximo um do outro, escolha o que mais te agrada e boas fotos.

3| Parque da Cidade

O maior parque do DF, com 420 hectares, também é aberto ao público. Nesse parque se encontra o Parque Nicolândia, além de praças, lagos, e grandes áreas verdes.

4| Dunas de areia

A Dunas de Areia e uma chácara privada em samambaia norte, onde tem regras e horário pra serem obedecidos.
Agendamento pelo whatsapp 995449943 Lauany

5| Ermida Dom Bosco

A Ermida Dom Bosco é um parque aberto ao público. Lá temos acesso ao Lago Paranoá e um pôr de sol belíssimo.

6| Museu da memória candanga

É bem mais reservado e tranquilo que todos os outros, possui muitas casinhas bonitas, diversas texturas e uma boa quantidade de locais para utilizar. É possível, em parte, realizar um ensaio com chuva lá.

7| Villa Giardini

A Villa Giardini é um ecoparque de 36.000m² muito utilizada para celebração de casamentos e ensaios de noiva. Glamour e sofisticação envolvem a bela arquitetura do local, inspirada nas charmosas vilas italianas da região de Toscana. É um lugarem que arquitetura e paisagem se fundem, criando um cenário único e de irresistível encanto. Toda a sua estrutura se forma através de um grande complexo de jardins, onde a vegetação nativa, o cerrado, foi mantida e preservada, integrando natureza, arquitetura, arte e cultura em um só lugar. 

Da redação

Foto: @Gabilacrda