Aromaterapia promove bem-estar e saúde aos pacientes atendidos na UBS do Lago Norte

Aromas sutis e eficientes no cuidado aos acolhidos foram sentidos por todos os voluntários, pacientes e profissionais que participaram, nesta sexta-feira (25), na Unidade Básica de Saúde (UBS) 1 do Lago Norte, da primeira destilação pública de óleos essenciais realizada no Distrito Federal, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), que são a base da Aromaterapia.

A destilação é demonstrativa e tem fins educativos. A proposta é divulgar mais essa prática integrativa e conscientizar sobre o uso da Aromaterapia. A extração dos óleos ainda não é feita na unidade, mas é um potencial que pode ser explorado pelo mutirão da UBS do Lago Norte.

“Isso aqui é um espaço de cooperação multiprofissional, que proporciona um encontro de diferentes políticas públicas, de integração social, de ações de saúde e de promoção do bem-estar, equilíbrio e saúde. Todo mundo pode ajudar e ser beneficiado”, afirma o médico de família da UBS, Marcos Antônio Trajano.

A unidade mantém, com o apoio de voluntários, uma rede de produção de plantas em sistema agroflorestal, com a proposta de cultivar ervas medicinais e relacionamentos, integrando profissionais, comunidade e pacientes que fazem uso dos serviços de saúde da UBS.

A aposentada Maria Luíza, 74 anos, é paciente da equipe do local e faz uso de fitoterápicos. Para ela, “o mutirão proporciona uma aproximação com a comunidade, que é um diferencial no tratamento. É uma ideia maravilhosa e faz a diferença. Faço uso dos fitoterápicos porque têm menos contraindicação e efeito colateral, além de agredir menos o organismo”.

Alcance

A aposentada e voluntária, Solange Passos, destaca: “Eu me sinto muito bem aqui. A interação entre as pessoas e as plantas trazem melhorias para a minha saúde e meu bem-estar”.

As plantas medicinais, cultivadas no terreno em volta da unidade são usadas na produção de medicamentos fitoterápicos nas farmácias vivas da própria rede. Além do respeito à ocupação do solo de forma racional, o cultivo também beneficia os pacientes.

“Segurança e eficácia são as palavras que definem a Fitoterapia. Os benefícios do tratamento com plantas medicinais são muitos, como o baixo custo, e trazem novas possibilidades. A indicação e o tratamento devem ser feitos por profissionais qualificados e que sabem as formas de administração e os cuidados com os pacientes”, reforça o médico Marcos Antônio.

As Práticas Integrativas estão disponíveis na Atenção Básica à Saúde, principal porta de entrada do SUS. A prática multiprofissional tem sido adotada por diversos atores da saúde, como enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, médicos, terapeutas, dentre outros, e empregada nos diferentes setores da área para auxiliar, de modo complementar, a restabelecer o equilíbrio físico e/ou emocional do indivíduo.

Aromaterapia

Prática terapêutica secular, a Aromaterapia utiliza as propriedades dos óleos essenciais, concentrados voláteis extraídos de vegetais, para recuperar o equilíbrio e a harmonia do organismo visando à promoção da saúde física e mental, ao bem-estar e à higiene.

Cada tipo de aroma apresenta seu benefício natural curativo. E existem óleos indicados para relaxar, energizar, revigorar, diminuir a insônia e a ansiedade, melhorar a concentração e atenção, e vários outros desconfortos e problemas de saúde, como depressão e problemas respiratórios.

FONTE: AGÊNCIA BRASÍLIA

eldogomes.com.br

Por @EldoGomes | Jornalista Multimídia e YouTuber.