Últimas Notícias

As empresas de tecnologia que apoiam a causa LGBT

https://www.youtube.com/watch?v=mJp30DTZsWE

Hoje, dia 28 de junho, celebra-se o Dia Internacional do Orgulho LGBT. E em tempos de comerciais de marcas de perfume que sofrem ameaças de boicote por se manifestarem a favor dos direitos homossexuais, é importante lembrar que a indústria de tecnologia já faz isso há muito tempo. Muitas empresas já se posicionaram favoráveis à luta pelos direitos LGBT.

Aproveitando também a proximidade da Parada do Orgulho Gay, em São Paulo, listamos as companhias de tecnologia que já se manifestaram em prol do respeito à diversidade sexual:

Apple
Além de Tim Cook, o principal executivo da empresa, ser gay a empresa frequentemente marca presença com um grupo de funcionários nas paradas gay em San Francisco, cidade próxima à sede da companhia em Cupertino. É possível encontrar o logotipo da companhia contornado pelo arco-íris da bandeira LGBT.

Reprodução

Google
O Google pode não ter um grande executivo homossexual, mas a empresa se manifesta frequentemente a favor do respeito à diversidade, incluindo um grupos de funcionários gays, chamados “Gayglers”, mistura da palavra “gay” com “googler”, como são chamados os empregados da companhia. Há registros de grupos participantes nas paradas do orgulho gay em Londres, San Francisco e até São Paulo.

Reprodução

Microsoft
Assim como o Google, pode não haver um grande executivo gay, mas não faltam manifestações de apoio aos direitos dos gays. A começar por este comercial do Outlook, lançado em 2013:

Também são frequentes as participações em paradas do orgulho gay ao redor do mundo. Em 2013, até mesmo Master Chief, protagonista da série de games Halo, apareceu em uma edição realizada em Seattle:

Reprodução

Facebook
Mesmo caso das empresas citadas acima: não faltam demonstrações públicas de apoio à causa LGBT. Há até um vídeo do CEO Mark Zuckerberg, heterossexual e casado, pulando e dançando na parada gay de San Francisco, em 2013.

Reprodução

Motorola
Essa é recente, e aconteceu no Brasil. A Motorola apoiou publicamente a edição de 2015 Parada do Orgulho Gay em São Paulo, oferecendo seis hotspots de internet grátis em pontos de ônibus da Avenida Paulista. A empresa não teve medo de envolver seu logotipo com a luta pelos direitos LGBT:

Reprodução

 

Quem mais?
Em 2015, várias empresas americanas (mais precisamente 379) iniciaram uma missão de pressionar a Suprema Corte dos Estados Unidos a impedir que os estados banam o casamento de pessoas do mesmo sexo. Na lista estavam várias empresas de tecnologia. Abaixo estão as principais companhias a assinarem o documento:

  • Amazon.com
  • Apple
  • Cisco
  • Dropbox
  • eBay
  • Electronic Arts
  • Facebook
  • General Electric
  • Google
  • Intel
  • Microsoft
  • Oracle
  • Qualcomm
  • Twitter
  • Xerox
  • Zynga

Do Olhar Digital

eldogomes.com.br

Por @EldoGomes | Jornalista Multimídia e YouTuber.