Banco de Brasília salta 6 bilhões no mercado financeiro

Em um ano e sete meses, instituição vai de R$ 1,2 bilhão para R$ 7,2 bilhões

Em um ano e sete meses, o valor do Banco de Brasília (BRB) aumentou R$ 6 bilhões. A instituição financeira, que valia R$ 1,2 bilhão na Bolsa de Valores quando Paulo Henrique Costa assumiu, hoje é avaliada em R$ 7,2 bilhões.

No balanço semestral do banco, publicado na última sexta-feira (21) o BRB anunciou um lucro líquido recorrente de R$ 205 milhões no primeiro semestre, apesar da crise financeira desencadeada pela pandemia do novo coronavírus.

Semestre desafiador

De acordo com Paulo Henrique, o resultado positivo deve-se a expansão da carteira de crédito, cartões de crédito e seguros.

“Foi um primeiro semestre desafiador no qual o BRB cumpriu um duplo papel”, explica o presidente do banco.

“Por um lado, cuidamos das pessoas para minimizar os efeitos da pandemia da covid-19 na vida das famílias e, por outro, executamos nosso plano de negócios com vistas a manter as margens de rentabilidade necessárias à instituição”, continua o presidente.

“Acreditamos que cumprimos os dois objetivos com bons resultados, tanto para a sociedade quanto para os acionistas”, avaliou Paulo Henrique.

Do JBr

eldogomes.com.br

Jornalista de Entretenimento e Streamer. @EldoGomes está sempre ao vivo no 🔴 YouTube.com/eldogomestv. Blogueiro há 11 anos sobre Turismo, Entretenimento e Política,