Brasília sedia curso de resposta rápida a atiradores ativos ministrado pelo FBI

Photo on Visualhunt

O Departamento de Atividades Especiais da Polícia Civil (Depate/PCDF), a Embaixada Americana e o Federal Bureau of Intelligence (FBI), com o apoio da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), promovem capacitação de agentes de segurança para situações de atentado envolvendo atiradores ativos – pessoas com objetivo de cometer homicídio em massa, geralmente em escolas, eventos públicos e shoppings.  A abertura do curso será na próxima segunda-feira (23/9), às 8h30, na sede da Abin (Setor Policial Sul).

O Curso de Resposta Rápida a Atiradores Ativos é ministrado por oficiais do FBI com experiência nesse tipo de ataque. Estão formadas duas turmas de servidores da Polícia Civil em vários estados (DF, GO, MG, SP, RJ, ES, PR, CE, MG e BA), da Polícia Militar em Goiás e em São Paulo, da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, além de agentes da Abin e da Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados. Cada turma tem 31 inscritos.

O objetivo do curso é formar multiplicadores da doutrina da agência Alerrt (Advanced Law Enforcement Rapid Response Training)/FBI nessa modalidade de ataque, que se trata de evento extremamente dinâmico e rápido. A capacitação consiste em parte teórica e instrução operacional sobre procedimentos para formação de célula de resposta durante eventual ataque de atirador ativo.

FONTE: AGÊNCIA BRASÍLIA

eldogomes.com.br

Por @EldoGomes | Jornalista Multimídia e YouTuber.