Carnaval em Brasília: três esfaqueamentos e seis prisões em Brasília

As delegacias do Distrito Federal registraram seis ocorrências até o fim da tarde deste sábado (2/3) de carnaval. Os casos que chamaram mais a atenção foram os três episódios de esfaqueamento. Ao todo, houve duas prisões por embriaguez ao volante, duas por lesão corporal, uma por roubo a pedestre e uma por injúria racial. Uma das vítimas de arma branca não quis ir até a delegacia. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP-DF).

Os envolvidos podem ser liberados ainda hoje, após pagamento de fiança ou assinatura de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Para facilitar os registros, uma Delegacia Móvel foi montada no estacionamento da Torre de TV, próximo aos principais blocos carnavalescos do dia. “Há ainda um Posto Avançado de Identificação de suspeitos e um Posto Avançado do Instituto Médico Legal (IML), para atendimento em casos de lesões corporais leves, por exemplo”, informou a SSP, em nota.

O Corpo de Bombeiros atendeu 18 pessoas até as 19h deste sábado. Grande parte dos socorridos enfrentava mal súbito devido à ingestão exagerada de bebidas alcóolicas. Foram 13 casos semelhantes. Três vítimas de facadas também receberam atendimento, enquanto os outros dois casos foram agressões mais leves.

Pancadaria

Na sexta-feira (1º/3), teve pancadaria pesada no Setor Comercial Sul, durante o bloco Na batida do morro. Imagens registraram militares batendo com cassetete em foliões nas proximidades do evento. Em um vídeo, é possível ver um rapaz sem camisa levando diversos golpes dos agentes. No posicionamento da Polícia Militar, a corporação aponta que um policial foi atingido por uma garrafa de vidro e encaminhado ao Hospital de Base. “Qualquer excesso identificado será apurado pela Corregedoria”, informou a PMDF.  

Do Correio Braziliense


Sobre eldogomes.com.br 7264 Artigos
Por @EldoGomes | Jornalista e YouTuber.