Confira programação dos blocos de rua no Carnaval de Brasília

Não foram poucas as críticas à jornalista brasiliense Giuliana Morrone, que causou polêmica na semana passada ao falar da capital no programa Altas Horas Globo. “Vão me matar lá em Brasília. Tem uns bloquinhos, mas acho chato”, disse a Serginho Groisman. Não é bem assim, Giuliana. Nos últimos anos, o Distrito Federal tem lutado contra o clichê de que aqui não tem festa. Prova disso é que o número de foliões só aumenta. Quem escolher passar o Carnaval na cidade terá mais 100 blocos para escolher.

Já amanhã será possível entrar no clima de confete e serpentina com os blocos Bora Coisar e Bora pra Cuba, ambos na animada Praça dos Prazeres (201 Norte) – que tem programação garantida em todos os dias de folia. A partir daí, o Alalaô ganha força com mais opções a cada dia, até a Quarta-feira de Cinzas.

Serão 118 blocos de Carnaval espalhados por todo o DF. Entre festas à fantasia, shows, encontros e concentração de desfiles, os eventos chegam a 190. A expectativa do Governo de Brasília é que 1,6 milhão de foliões brinquem nas ruas durante os dias de festa. A estimativa é 60% superior ao 1 milhão de pessoas que pularam atrás do trio em 2016. Já o número de foliões em 2015 foi de apenas 370 mil.

Alguns blocos saírão em desfile em mais de uma ocasião. É o caso do tradicional Pacotão, que anima o brasiliense no domingo e na terça-feira, e do Concentra Mas Não Sai, programado para sábado e segunda-feira.

A Lei de Incentivo à Cultura patrocinará 47 blocos, totalizando R$ 1,5 milhão para palcos, trios elétricos, luz, grades, seguranças, brigadistas e banheiros químicos. O investimento próprio da Secretaria de Cultura será de R$ 2 milhões – o dinheiro contratará escolas de samba, estruturas e artistas locais.

A lista completa de blocos de rua pode ser conferida no site brasiliatemcarnaval.df.gov.br. O internauta tem a opção de consultar as atrações por gênero musical e data.

ANOTE AÍ

Sexta
Rejunta meu Bulcão

  • Às 16h20, na Praça dos Prazeres (201 Norte)

Festa Carnaviola

  • Às 19h, na Casa do Cantador (Ceilândia)

Sábado
Babydoll de Nylon

  • Às 13h, na Praça do Cruzeiro (Eixo Monumental)

Carnaval Social e do Povo

  • Às 19h, no estacionamento do Ginásio de Múltiplas Funções (Planaltina)

Mamãe Taguá

Concentra Mas Não Sai

  • Às 13h, na 404/405 Norte

Galinho de Brasília

  • Às 15h, no Setor de Autarquias Sul

Bloco das Perseguidas

  • Às 14h, na Praça dos Prazeres

Domingo
Pacotão

  • Às 12h, na 302/303 Norte

Bloco Eduardo & Mônica

  • Às 11h, no Setor de Indústrias Gráficas (Quadra 6/8 do Sudoeste)

Agoniza mas Não Morre

  • Às 14h, na 312/313 Sul

Bloco do Amor

  • Às 15h, no Setor Bancário Sul

Raparigueiros

  • Às 17h, na 110/210 Sul (Eixão)

Bloco do Prazer

  • Às 16h, na Praça dos Prazeres

Dia 27

Bloco Vem que Cabe

  • Às 14h, na EQD 305/111 – Estacionamento da Feira do Recanto das Emas

Concentra Mas Não Sai

  • Às 16h, na 404/405 Norte

Aparelhinho

  • Às 15h, no Setor Bancário Sul

Divinas Tetas

  • Às 17h, no Setor Bancário Sul (atrás do Banco do Brasil)

Populares em Pânico

  • Às 12h, na 310 Norte

Dia 28
Essa Boquinha Eu Já Beijei

  • Às 14h, no Setor Comercial Sul

Bloco Quem Ficou Ficou

  • Às 15h, na Quadra 8, conjunto F (Sobradinho)

Carnagroove

  • Às 16h, no Taguaparque (Taguatinga Norte)

Pacotão

  • Às 12h, na 302/303 Norte

Baratona

  • Às 15h, na 106/206 Sul (Eixão)

 

Do JBr

eldogomes.com.br

Por @EldoGomes | Jornalista Multimídia e YouTuber.