Deputado Federal quer criar Cassinos em Áreas Indígenas do Mato Grosso do Sul

No último mês de dezembro o deputado federal Dagoberto Nogueira, representante do PDT do Mato Grosso do Sul e também integrante da Frente Parlamentar da Agropecuária, FPA, defendeu a criação de cassinos em áreas indígenas baseado no modelo dos Estados Unidos. O parlamentar já apresentou o projeto lei no ano de 2017 que segue sem ter sido votado ainda. Além do deputado ser advogado e administrador de empresas é também um defensor da legalização dos jogos de azar no Brasil.

Em entrevista o parlamentar afirmou que essa é uma forma de pagar a dívida histórica que o país tem com os indígenas que perdura a mais de 500 anos. Ele defende que com os cassinos nessas áreas os índios terão uma vida digna de sucesso sem necessidade de destruirmos a sua cultura ou o seu meio ambiente.

Hoje em dia os Estados Unidos contam com aproximadamente 150 aldeias distribuidas em 24 estados explorando os jogos de azar desde o ano de 1979. Por lá vários caciques das tribos ficaram ricos com essa atividade. Alguns opositores desse modelo implantado nos Estados Unidos dizem que a prática funciona como uma especulação onde é promovida a corrupção, a cisão e os jogos de interesse dentro dos grupos indígenas.

O deputado Dagoberto Nogueira faz parte do grupo de cerca de 50 parlamentares anti-indígenas listadas pelo Conselho Indigenista Missionário e ainda defende o fim dos grupos que fazem identificação e delimitação das terras ocupadas pelos Guarani em Mato Grosso do Sul.

Outro fato bastante peculiar nessa história é que o deputado têm algo em torno de 2.249 hectares de terras na cidade Miranda, juntamente com a Fazenda Mariana – adquiridas em 1998. No ano de 2009 o parlamentar entrou com requerimento no Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul para conseguir um Termo de Averbação Provisória de Reserva Legal para cerca de 121 hectares do total das terras em sua posse. Além disso ele também requereu um Termo de Compromisso de Restauração de Reserva Legal para 222 hectares. Ou seja, essa área tinha sido desmatada pelo próprio.

Com todos esses dados fica a dúvida do real interesse do deputado para esse projeto lei. No entanto, vale ressaltar que, mesmo que aprovado, o projeto não entraria em vigor ainda no Brasil pois por aqui os jogos de azar permanecem proibidos em estabelecimentos físicos. A única forma permitida e bastante utilizada no país são as plataformas online de jogos que oferecem hoje grandes vantagens de promoções, descontos e bônus como o winner bônus que garante aos gamers uma vantagem na hora de se divertir visto que não precisam colocar a mão no bolso para jogar os games disponíveis no site.

Então temos duas questões em julgamento, a liberação dos jogos de azar no Brasil e o projeto lei do deputado que visa a criação de cassinos em áreas indígenas do país. Resta saber se irão para frente ou se continuarão apenas como desejos…

eldogomes.com.br

Jornalista de Entretenimento e Streamer. @EldoGomes está sempre ao vivo no 🔴 YouTube.com/eldogomestv. Blogueiro há 11 anos sobre Turismo, Entretenimento e Política,