Glamping: nova opções de hospedagem em Pirenópolis

Estância aposta no conceito de glamping, que traz glamour ao camping aos pés das serras que circundam a cidade. Local também conta com medidas de acessibilidade e visa hospedar casais

A vista do Cerrado à noite, com um céu quase sempre estrelado e com as serras ao fundo compondo o cenário com o luar, sempre é um bom atrativo para quem visita e quer hospedar em meio à natureza em Pirenópolis, cidade histórica localizada entre as capitais Brasília (140 km) e Goiânia (120 km). Esse encanto ganhou mais uma atração com a chegada do primeiro glamping no estilo domo geodésico na região, hospedagem que reúne os conceitos de “glamour” e “camping” e se destina às pessoas que buscam contato com o meio ambiente em um acampamento sofisticado. Dessa forma, a experiência aproxima o ambiente rústico com a infraestrutura e comodidades proporcionadas pelo sistema hoteleiro.

O glamping em Pirenópolis chama Olho do Dragão Mountain House e se localiza na Shambala Piri, uma estância de casas de veraneio a sete quilômetros da cidade. Ele contempla os viajantes que buscam mais contatos com a natureza, mas não querem deixar de lado o conforto proporcionado pelos hotéis, resorts e pousadas.
“O glamping permite contemplar todos os benefícios da natureza, mas sem perder esse conforto com um banho quente, o uso de ar-condicionado durante um dia quente, se aquecer com o calefator ou até mesmo acessar a internet para resolver alguma demanda do trabalho ou entrar em contato com os amigos e familiares”, explica o empreendedor e idealizador do projeto, Neylon Jacob, que conheceu experiências de glamping em outros países.

Com mais de 100 metros quadrados, o glamping de Piri está a dois metros do chão. Foi implantado em um grande deck de madeira. É composto de uma tenda geodésica com área interna de 38m², revestida com lona especial – material utilizado em glampings pelo mundo – com calefação interna, ar condicionado, canais de streaming e wi-fi, além de amenities e blends. O projeto trouxe uma imensa fachada translúcida que permite contemplar o amanhecer e o entardecer em meio à natureza. De todos os ângulos, da cama ou da bancada da cozinha, que é adaptável para o home office também, será possível contemplar a paisagem.

Junto à tenda, uma área descoberta oferecerá rede horizontal suspensa e uma banheira de hidromassagem com cromoterapia com vista para a Serra. “Neste último caso, a hidro contará com quatro cores (amarelo, verde, vermelho e azul) com o objetivo de mudar as vibrações do corpo na frequência da saúde, do bem-estar e da energia”, detalha Jacob.

Foto: Divulgação / Comunicação Sem Fronteiras

@EldoGomes

▶️ Jornalista | Podcaster | You7tuber | Acompanhe no Instagram @EldoGomes | comercial@eldogomes.com.br