História de ascensão da Uber vai virar série de TV

Uber hoje é considerada sinônimo de app de transporte e teve uma ascensão meteórica, desde sua criação, em 2009. Mas muitos executivos e fontes de bastidores que já trabalharam na empresa relataram, ao longo dos anos, um ambiente desagradável, misógino e cheio de abusos às leis trabalhistas — o que culminou na saída do fundador Travis Kalanick. Agora, essa trajetória polêmica será mostrada em uma série de TV pelos mesmos criadores de Billions.

A base para a atração será o livro Super Pumped, de Mike Isaac, correspondente de tecnologia do New York Times no Vale do Silício. A publicação mostra como o comportamento agressivo no mercado tornou o Uber um “unicórnio” capaz de rivalizar com gigantes da tecnologia, como FacebookGoogle e Amazon. E claro, revela, por meio dos relatos de centenas de ex-empregados, como a empresa fomentava uma cultura tóxica.

A produção é do Showtime, com os showrunners Brian Koppelman e David Levien. Isaac também será produtor executivo. “A história da Uber é rica em reviravoltas, personalidades únicas e implicações importantes para a América corporativa. É um estudo de caso de engenhosidade e insanidade”, comentou a presidente do canal, Jana Winograde.

Vale destacar que essa não é a única filmagem contando a história da Uber. A Good Universe, da Lionsgate, vem desenvolvendo um longa inspirado nos posts de blog da engenheira Susan Fowler, que expôs os episódios de assédio sexual e discriminação na empresa. Ou seja, a batata de Travis Kalanick, que já tinha assado bastante, promete torrar em breve.

FONTE: CANALTECH

eldogomes.com.br

Por @EldoGomes | Jornalista Multimídia e YouTuber.