Huttech, startup do Parque Tecnológico da PUCRS, traz solução para Covid19

A Huttech, startup que integra o ecossistema do Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc) transformou o modelo de atuação e desenvolveu uma nova tecnologia para auxiliar no combate ao Coronavírus durante a pandemia. Formada por uma equipe de dentistas, médicos, físicos e engenheiros eletrônicos, a equipe desenvolveu a tecnologia explicada por Eder Hüttner, CEO da startup. “Nossa startup era focada no desenvolvimento de saliva artificial à base de própolis para idosos e pacientes oncológicos. Com a pandemia, criamos uma área com a missão de desenvolver tecnologias de descontaminação de ar, aerossóis e superfícies com Luz Ultravioleta (UV-C)”.

O Huttech Air é um purificador de ar e aerossol, uma das apostas para auxiliar no combate à Covid-19. “Ele permite a presença de pessoas durante o processamento do ar com UV-C, esse é o grande diferencial. Os equipamentos são concebidos e certificados dentro de normas internacionais de doses de eficácia estabelecidos pela American Chemical Society e a ASHAE (Associação Americana de Engenheiros de Aquecimento, Refrigeração e Ar Condicionado),” explica o CEO. O equipamento já foi implantado no Instituto do Cérebro do Rio Grande do Sul. (Inscer) pelo engenheiro eletrônico Marcos Barros. “A instalação do equipamento é muito tranquila. Estamos utilizando nas salas de coleta de Covid-19 e nas salas de tomografia”, explica Marcos. Na terça-feira (16), o Huttech Air também foi implantado no Grupo Hospitalar Conceição e no Hospital Nossa Senhora Aparecida, em Camaquã. A Huttech também integra o Biohub PUCRS, ação que conecta o Tecnopuc, o InsCer, o Hospital São Lucas (HSL) e as escolas da Universidade.

Fonte: PUCRS

@EldoGomes

🎙|| Jornalista Multimídia, Apresentador e Youtuber de entretenimento. 🎮|| Blogueiro desde 2007 e com 11 anos de atuação no jornalismo digital. 🗺|| Autor do Ebook "Jornalismo de Turismo" e colunista/influencer de viagens.