Últimas Notícias

Jogadores brasilienses que se destacam nos gramados pelo mundo afora


Photo by Deltort Nicolas

O futebol candango tem uma longa tradição de revelar jogadores de destaque para o cenário nacional e internacional. Para relembrar alguns que fizeram muito sucesso, há nomes como Kaká, Lúcio, Amoroso, Washington e vários outros.

Atualmente, apesar de não haver nenhum brasiliense se destacando como um dos quatro atletas da capital citados acima, existem alguns jogadores que representam o esporte candango com estilo Brasil afora.

Marcos Junior

Apelidado como “Kuririn” (em referência ao personagem do anime Dragon Ball), Marcos Junior apareceu para o futebol brasileiro como um jogador de qualidade no ataque do Fluminense. Entre 2012 a 2018, ele atuou na equipe carioca e totalizou mais de 240 jogos — trajetória que incluiu uma pequena passagem no Vitória por empréstimo, em 2014.

Atualmente, Marcos Junior tem 26 anos e é um dos principais jogadores do Yokohama F. Marinos, do Japão. O atacante briga pela artilharia do futebol japonês e sua adaptação tem sido bem rápida.

Marcos Junior, porém, não criou muitas raízes em Brasília. Ele foi revelado nas bases do clube xerém e estreou no profissional quando tinha apenas 19 anos.

Felipe Anderson

Grande nome do futebol candango da atualidade, Felipe Anderson começou sua carreira como uma promessa no Santos. Rápido, de boa finalização e capacidade de cruzamento, o meia-atacante fez sucesso nas suas primeiras temporadas com o time do litoral paulista.

Após três anos no Santos, em 2013 ele se transferiu para a Lazio, da Itália, por €7,8 milhões. No time da capital italiana, Felipe Anderson se tornou um dos grandes destaques da liga e chamou atenção de outras equipes de poderio financeiro.

Depois de jogar cinco anos no time italiano, Felipe Anderson se transferiu para o West Ham em julho do ano passado. Na equipe londrina, o brasiliense vem se consolidando como um dos principais jogadores do time.

Apesar de ter nascido no Distrito Federal, o meia-atacante não jogou profissionalmente por nenhuma equipe daqui. Felipe Anderson saiu de Gama para jogar no Astral EC, do Paraná, quando tinha só 13 anos.

Photo by cfcunofficial

Paulinho

De maneira parecida com Felipe Anderson, o meia-atacante Paulinho não criou muitas raízes no Distrito Federal. Natural de Ceilândia, ele se transferiu ainda bem jovem para jogar no Bahia. Após começar a carreira profissionalmente na equipe de Salvador, ele se transferiu para a Europa quando tinha apenas 18 anos.

Após passar por várias equipes da Espanha e de Portugal, Paulinho se estabeleceu no Portimonense, equipe que joga desde 2016.

Paulinho, 24, é um dos destaques do Portimonense. A equipe do sul de Portugal está longe de ser uma das mais poderosas de Portugal e, segundo sites de apostas esportivas, não aparece como os grandes candidatos ao título da liga. No entanto, o meio de Ceilândia faz um bom trabalho há tempos e já recebeu interesse de outras equipes.

Hilton

Ao contrário de Felipe Anderson e Paulinho, que estão apenas no início de suas respectivas trajetórias no futebol internacional, o zagueiro Hilton já é bem veterano e está na fase final da carreira.

Campeão francês com o Montpellier no início da década, Hilton já tem 41 anos, mas quer continuar jogando profissionalmente por mais algum tempo no futebol da França.

“Estou me sentindo bem, mas não depende só de mim. Não sei se o clube vai querer dar oportunidade de continuar. Minha preocupação é terminar bem e se tiver outra oportunidade, por que não?”, indaga o zagueiro.

Natural de Brasília, Hilton está no Montpellier desde 2011 e já atuou por mais de 260 partidas com a equipe do sul da França.

Lucão

Diferente dos jogadores citados acima, o atacante Lucão, 27, escreveu um pouco de sua história no futebol perto de casa. Um dos destaques do Goiás na campanha do acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro em 2018, Lucão foi vice-artilheiro da Série B com 16 gols.

O destaque no ataque do esmeraldino fez com que o brasiliense fosse transferido para o exterior. No início deste ano, Lucão assinou com o Kuwait SC.

A ida para o futebol do Kuwait marca mais um destino diferente na carreira do atacante. Ele já jogou por países como Itália, Japão, Portugal e Moldávia.

Outros jogadores de Brasília que se destacam internacionalmente

Além desses atletas citados acima, Brasília também sua parcela de outros jogadores que jogam internacionalmente. Um deles é Edigar Junio, que atualmente é companheiro de equipe de Marcos Junior no Yokohama F. Marinos, do Japão.

Aos 28 anos, o atleta de Brasília ainda tem o seu passe pertencente ao Bahia e está na equipe japonesa por empréstimo. Para completar a lista, vale citar o atacante Henrique Almeida. Destaque do mundial sub-20 em 2011, o atleta candango não cumpriu as expectativas, mas vem tentando se consolidar no Belenenses, de Portugal.

eldogomes.com.br

Por @EldoGomes | Jornalista Multimídia e YouTuber.