Mês das Águas terá atividades de conscientização sobre situação hídrica do DF

Celebrado em março, o Mês das Águas terá dez dias de atividades gratuitas em 2017. Órgãos do governo federal e local, entidades de cunho ambiental e organizações da sociedade civil estão unidas em programação diversa, que vai até 25 de março (sábado). Seminários, debates, práticas esportivas e exposição integram o calendário dedicado aos recursos hídricos.
A comemoração foi instituída no DF em 2015 em alusão ao Dia Mundial da Água, 22 de março. “Percebemos uma conscientização maior das pessoas sobre o tema, o que permite ocupar mais dias do mês com ações diversas”, ressalta o chefe da Unidade Estratégica de Água, da Secretaria de Meio Ambiente, Sérgio Ribeiro. A pasta é uma das coordenadoras das ações em parceria com o Ministério do Meio Ambiente e a Agência Nacional de Águas, no âmbito federal.

 

No DF, a maior crise hídrica da história, será ressaltada como oportunidade para desdobramentos sobre a importância das políticas públicas na área. “As pessoas estão interessadas, entenderam por meio da dificuldade o processo que envolve o abastecimento: não é simplesmente abrir a torneira”, acredita José Bento da Rocha, superintendente de Planejamento e Projetos Especiais, da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico (Adasa). Em abril de 2018, Brasília sedia o 8º Fórum Mundial da Água.
O Dia Mundial da Água foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1992 durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, a Eco-92, no Rio de Janeiro, e é comemorado no mundo inteiro. Para 2017, foi escolhido o tema Água Residual. Em 2016, os debates ocorreram sobre o tema Água e Empregos: Investir em Água é Investir em Empregos.

@EldoGomes

🎙|| Jornalista Multimídia, Apresentador e Youtuber de entretenimento. 🎮|| Blogueiro desde 2007 e com 11 anos de atuação no jornalismo digital. 🗺|| Autor do Ebook "Jornalismo de Turismo" e colunista/influencer de viagens.