Negócios: como produzir um relatório de qualidade

Você está em sua mesa de trabalho quando chega um e-mail da chefia pedindo que você produza um relatório. Na hora, bate o desespero, o medo de fazer tudo errado e milhões de perguntas que você não tem ideia da resposta surgem em sua cabeça. O que para muitos é motivo de desespero, para outros é só mais uma tarefa do dia.

A diferença entre eles é simples e está no fato do segundo saber como fazer um relatório de ótima qualidade para apresentar para quem quer que seja. Se você está no grupo dos que ficam com medo, aprenda agora dicas para nunca mais passar nervoso e mandar bem no trabalho!

O que é um relatório?

Relatório nada mais é do que um documento com informações importantes sobre determinada atividade da empresa. Apesar de muitos pensarem que ele é feito em uma apresentação, a verdade é que estamos falando de um texto que segue uma estrutura já estabelecida para que tudo seja disposto de forma clara e objetiva.

Então, um relatório possui introdução, desenvolvimento e conclusão, assim como uma redação. Na primeira parte, quem lê precisa entender perfeitamente do que se trata esse relatório, o que será analisado no decorrer do texto e uma breve introdução ao ponto central que foi exposto.

É na segunda parte, no desenvolvimento, que você vai se aprofundar no assunto. Nesta parte os dados são apresentados e todas as informações importantes para a compreensão do relatório são inseridas. O objetivo é mostrar como e porque X ou Y aconteceram e suas consequências. Gráficos, tabelas, imagens e afins são bem-vindos.

Por último, a conclusão tem como objetivo mostrar o resultado de tudo aquilo que foi exposto. É quando o leitor tem uma dimensão mais prática das coisas que aconteceram de forma clara. Portanto, tente comparar em parâmetros exatos resultados de diferentes situações que tratem do mesmo assunto.

O que mais um relatório precisa ter?

Geralmente, relatórios no âmbito profissional possuem capa para ilustrar de alguma forma o assunto ou pelo menos para que o autor dê um título que que já explique o tema. Além disso, é fundamental que se coloque bibliografia.

Como estamos falando de um documento técnico, fontes são necessárias para dar a credibilidade que ele necessita. 

Dicas para seu relatório

  • Utilize as regras da ABNT para estruturar seu relatório;
  • O conteúdo é muito mais importante do que a estética;
  • Reúna o máximo de informações possíveis;
  • Não utilize gênero narrativo, o relatório é um documento técnico;
  • A forma como o relatório é construído é mais importante do que o produto final. Ou seja, os cuidados com os dados e as informações importam mais do que só ter um relatório pronto;
  • Coloque índice para facilitar a organização das ideias e do leitor que quer encontrar uma parte específica do seu estudo.

Quando eu posso fazer um relatório?

Sempre que julgar importante apresentar algo de maneira mais técnica e que possua informações relevantes que possam ser analisadas. Relatórios podem ser usados em qualquer assunto e em qualquer situação em que olhar para dados ofereça uma visualização ampla sobre algo.

O objetivo é sempre expor algo que possa ser analisado a partir de um ponto de vista técnico, por isso a importância de informações no lugar de opiniões do autor.

Isso serve para todas as áreas profissionais de atuação. Ainda que muitos pensem que relatórios servem apenas para negócios por ser uma área em que eles são comuns, qualquer trabalhador pode (e deve) utilizá-lo quando achar necessário. Aliás, é uma ótima forma de mostrar que você está por dentro do assunto e tem dados que vão confirmar o que decidiu apresentar para a chefia e o resto da empresa.