Novas tecnologias prometem revolucionar o entretenimento

A Primeira Revolução Industrial do século XVIII deu início à mecanização. Pouco menos de cem anos depois, a Segunda Revolução Industrial trouxe eletricidade e linhas de montagem – ambas permitiram a produção em massa. Por sua vez, a Terceira Revolução Industrial do século XX introduziu os computadores e a automação.

Foto: by Peakpx/Creative Commons Zero – CC0 “Realidade virtual é uma das maiores promessas para a próxima década”

Agora no século XXI estamos vivenciando a Quarta Revolução Industrial. Também conhecida como Indústria 4.0, essa nova revolução tem trazido diversas novas tecnologias que prometem revolucionar o mundo de maneira geral e o setor de entretenimento é um dos que deve contar com o maior número de mudanças nas próximas décadas.

Novas redes 5G são a base para muitas das novas tecnologias

A Claro acaba de inaugurar a era do 5G no Brasil. Essa tecnologia de redes sem fio é tem velocidade várias vezes maior do que a 3G e a 4G e sua introdução deve revolucionar a forma como são consumidos dados e todo tipo de entretenimento atrelado a eles.

Com o uso do 5G é possível obter velocidades de transmissão de dados superiores a 10 giga por segundo. Para se ter uma ideia do que isso representa, basta mencionar que um filme ou série da Netflix consome cerca de 1 giga para uma hora de transmissão na definição standard e aproximadamente 3 gigas em alta definição.

Essa nova velocidade de transmissão é a chave não apenas para uma velocidade de streaming de vídeo impecável através de redes mobile, mas também para a massificação de inúmeras outras tecnologias no dia a dia.

Realidade Virtual e Realidade Aumentada prometem novos níveis de imersão

Quando se fala sobre como o 5G e a nova revolução industrial vão revolucionar o entretenimento, poucas tecnologias terão um impacto maior que a realidade aumentada e a virtual.

Essas novas tecnologias permitem que os usuários interajam de uma forma muito mais próxima com qualquer tipo de entretenimento, desde filmes e séries até jogos de todos os tipos, sendo uma das formas mais concretas pelas quais a indústria 4.0 vai alterar a relação entre consumidores e seus hobbies.

No caso de filmes e séries, é fácil ver como isso ocorrerá: o espectador é colocado no meio de uma cena de ação ou enxergando objetos que os protagonistas receberam de perto. Contudo, o impacto dessas novas tecnologias vai além disso em outros meios.

Um bom exemplo é no ramo de entretenimento e jogos. Umas das maiores revoluções em relação ao relacionamento de entusiastas com cassinos foi o surgimento dos emocionantes jogos de cassino online, que permitiram que os entusiastas jogassem suas modalidades favoritas a qualquer hora e lugar.

Uma das seções mais populares desses sites são as live casinos, que contam com uma pessoa transmitindo ao vivo os diversos jogos que vão de blackjack a roleta e com a introdução da realidade virtual e realidade aumentada, esse tipo de jogo será elevado para o próximo nível de imersão.

No caso da realidade virtual, a pessoa que apresenta o conteúdo poderá estar diretamente na frente do entusiasta em seu home theater e a realidade aumentada pode permitir que a própria pessoa gire a alavanca da máquina caça-níquel direto da sua poltrona.

Esse novo nível de imersão também poderá ser experimentado por usuários em clássicos modernos. É possível citar como exemplo jogos onipresentes como “Clash of Clans” e “Hearthstone”, que com o uso dessas tecnologias podem passar a permitir que os fãs vejam suas tropas e cartas se materializando durante as partidas.

Foto: by Pxfuel/Free for comercial use “Cada vez mais dispositivos inteligentes e conectados à internet farão parte da rotina da população”

Novos dispositivos inteligentes também permitirão novas formas de consumir e interagir com conteúdo

Outra seção de entretenimento que deve ser revolucionada com a introdução das redes 5G e a nova revolução industrial de maneira geral é a introdução de novos dispositivos inteligentes e a popularização da internet das coisas (IdC).

Hoje, já é possível encontrar diversos aparelhos, como o “Echo Dot” produzido pela Amazon ou o “Apple Watch” produzido pela Apple, que contam com funcionalidades inteligentes e permitem um maior nível de interação entre seus usuários e a internet, mas com as novas redes 5G e suas conexões rápidas e estáveis, o número de dispositivos disponíveis e as funcionalidades apresentadas por eles deve aumentar de maneira exponencial.

De acordo com a Business Insider Intelligence, até 2026 devem existir mais de 64 bilhões de dispositivos inteligentes em todo o mundo e além das funcionalidades básicas atuais orientadas por voz, os novos dispositivos IdC emergentes também devem contar com cada vez mais opções de interação entre homem e máquina.

Esses novos aparelhos podem ir de relógios inteligentes que permitem assistir a um filme em qualquer lugar utilizando a rede 5G até anéis que permitem fazer ligações e trocar de filme na Smart TV e é fato que novos empreendedores imaginativos serão capazes de desenvolver inúmeras novas funcionalidades que sequer podem ser concebidas agora.

Revolução do entretenimento deve ser cada vez mais acelerada

A chegada da rede 5G deve ser o novo catalisador que permitirá que diversas novas tecnologias da Quarta Revolução Industrial se popularizem e de novos usos para a realidade aumentada e virtual até a explosão de novos dispositivos conectados à internet das coisas, os próximos anos devem ver uma mudança cada vez maior na forma como entretenimento é produzido e consumido.

Publipost

eldogomes.com.br

Jornalista de Entretenimento e Streamer. @EldoGomes está sempre ao vivo no 🔴 YouTube.com/eldogomestv. Blogueiro há 11 anos sobre Turismo, Entretenimento e Política,