Padre Fábio pede perdão na web

O padre Fábio de Melo, que tem uma legião de fãs nas redes sociais, passou por momentos delicados nesta segunda-feira no Twitter. Um vídeo de 2006, no qual o religioso diz que “o agressor só se torna agressor porque a vítima o autoriza”, veio à tona agora e revoltou internautas, que o acusam de culpar vítimas de violência doméstica. “É o caráter que está exposto no seu rosto que vai dizer ao outro o que ele pode fazer com você ou não”, dizia o padre no vídeo.

Na rede social, ele alegou nesta segunda-feira que a intenção na época era incentivar as mulheres a denunciar os agressores. Para ele, a mulher deve se impor caso haja uma primeira agressão, para que o homem não repita o ato. “Peço perdão. Eu nunca pretendi dizer que a vítima é culpada. Apenas salientei que a não denúncia reforça o agressor”, declarou.

Contudo, a denúncia e a imposição não são tão fáceis quanto parecem, alegam mulheres envolvidas com o tema. A delegada Márcia Noeli, diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher (DPAM), explicou que as mulheres custam a denunciar agressões exatamente por se sentirem culpadas. Para ela, é essencial desconstruir essa ideia. “Elas pensam que fizeram alguma coisa de errado para merecerem esse ‘castigo’. A mulher não é culpada por ser vítima de violência, nem doméstica nem sexual”, defendeu Márcia.

eldogomes.com.br

Jornalista de Entretenimento e Streamer. @EldoGomes está sempre ao vivo no 🔴 YouTube.com/eldogomestv. Blogueiro há 11 anos sobre Turismo, Entretenimento e Política,