Política no DF: Fundadora do PSDB, Maria de Lourdes Abadia deixa o partido

Foto: Antônio Cunha / CB

Marcada por 30 anos com as cores azul e amarelo no peito, a ex-governadora Maria de Lourdes Abadia prepara-se para a despedida do ninho tucano. Fundadora do PSDB no Distrito Federal, ela assina amanhã a filiação ao PSB, do governador Rodrigo Rollemberg. A ex-deputada federal justifica o desembarque com o descontentamento causado pelo formato de gestão do presidente regional do tucanato e pré-candidato ao Buriti, o deputado federal Izalci Lucas, que ameaçou expulsá-la da agremiação e com quem colecionou embates nos últimos meses. “Vai ser o Império do Izalci”, lamenta.

A carta com o pedido de desfiliação do PSDB será entregue hoje ao comandante nacional da sigla, o presidenciável Geraldo Alckmin. No texto, Abadia elenca agradecimentos aos correligionários, narra seus feitos pela legenda e alfineta Izalci. “Depois de tantos anos de luta e participação na história do partido, assistimos à intolerância, à vaidade e à arrogância do atual presidente, deputado Izalci Lucas, que não dá espaço para o diálogo, o entendimento e participação na vida partidária”.

Na visão da parlamentar, que participou da Constituinte, faltou pulso firme do alto escalão para garantir a escolha da Executiva local de forma democrática — não há eleições no PSDB-DF desde 2011 e o mandato provisório de Izalci acaba de ser renovado por 120 dias.

Do Correio Braziliense

@EldoGomes

🎙|| Jornalista Multimídia, Apresentador e Youtuber de entretenimento. 🎮|| Blogueiro desde 2007 e com 11 anos de atuação no jornalismo digital. 🗺|| Autor do Ebook "Jornalismo de Turismo" e colunista/influencer de viagens.