Secretaria de Turismo debate inovação disruptiva em seminário

Foto Luís Tajes/Setur-DF

O 1º Seminário de Inovação Disruptiva no Turismo do Distrito Federal, realizado pelo Senac-DF, movimentou a semana com com palestras, exposições e a 18ª Feira de Negócios. O intuito é promover o debate sobre inovação e turismo para estimular o segmento, que é um dos poucos que não diminui a contratação de mão de obra com o uso da teconoliga,  pelo contrário, ajuda a criar novos postos de trabalho nesse segmento que é responsável por um a cada cinco empregos gerados no mundo.

Para Vanessa Mendonça, secretária de Turismo do DF, promover o debate é fundamental, já que a internet está presente em todas as fases de uma viagem: da pesquisa à reserva, do registro das imagens ao compartilhamento de informações e Brasília tem todas as condições necessárias para se fortalecer como um destino em potencial. “A cidade já nasceu disruptiva e carrega em seu DNA a inovação. Brasília vai comemorar 60 anos ano que vem, e se há alguma cidade no mundo que quebrou diversos paradigmas e se transformou em uma metrópole que é um museu e representa muito mais do que as pessoas pensam de um destino turístico, é a nossa cidade”.

O diretor geral da Faculdade Senac-DF, Luiz Afonso Bermúdez, anunciou o lançamento para 2020 do curso de graduação Gestão de Turismo. “Tudo isso só está se realizando devido às parcerias com as entidades aqui presentes. Queremos agradecer a Secretaria de Turismo e a todos que colaboraram para realização desse momento. Ano que vem teremos novas instalações para Faculdade, que inclusive os turistas poderão visitar, pois será exemplar”.

O seminário ainda contou com a presença do professor e turismólogo, Marcelo Ottoni. A primeira palestra foi sobre tecnologia, com o professor especialista da Faculdade Senac-DF, Thiago Fernandes, após foi a do mestre e doutor em Economia, professor Carlos Águedo Paiva, sobre Inovação e Turismo. Estiveram presentes no encontro, o presidente do Sindetur-DF, Lamark Freire Rolim; o diretor da Fundação de Apoio à Pesquisa do DF, Alessandro França Dantas; e o presidente do  Sindeventos-DF, Luís Otávio Rocha Neves.

FONTE: SETUR DF

eldogomes.com.br

Por @EldoGomes | Jornalista Multimídia e YouTuber.