Setur e Fecomércio DF lançam 1º Prêmio Brasília: O Novo Olhar do Turismo

eldogomes.com.br
Siga-me

A secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, se reuniu nesta terça-feira, 3/11, com o presidente da Fecomércio-DF, Francisco Maia, para discutir ações e firmar parceria em prol do 1º Prêmio Brasília: O Novo Olhar do Turismo. A proposta tem como objetivo reconhecer os profissionais e as iniciativas que contribuíram para o fortalecimento de Brasília como destino e para a inovação do mercado turístico na capital nos últimos 24 meses, inclusive durante a pandemia do novo coronavírus. “A Fecomércio-DF sempre esteve de mãos dadas com a Setur-DF em todas as nossas ações e projetos. Portanto, nesse momento inédito, o qual não estamos medindo esforços para a retomada do setor em meio a pandemia que estamos vivendo, esse apoio tem um simbolismo muito forte: a cooperação. É por meio da união e do coletivo que alcançaremos ainda mais sucesso na promoção positiva da imagem de nossa cidade”, afirmou Vanessa Mendonça.

Para Francisco Maia, o prêmio chega em um momento oportuno. Além de incentivar as pessoas que trabalham na área, contribui para mostrar a todos que a capital federal é muito além de política. “Precisamos mudar a imagem de Brasília e reconhecer que ela é também a cidade do turismo, da arte e dos monumentos. Um lugar belíssimo, cheio de cultura, preparado para receber qualquer turista do Brasil e do mundo. Por isso, é muito importante essa homenagem da Setur-DF às pessoas que dedicam seu trabalho por Brasília”, avaliou o presidente da Fecomércio-DF.

O 1º Prêmio Brasília: O Novo Olhar do Turismo segue com inscrições abertas até o dia 18 de novembro em 23 categorias. Entre os profissionais (Pessoa Física), serão reconhecidos: Personalidade do Ano, Mulheres empreendedoras, Academia, Dirigentes e Parlamentares, Gestores e Técnicos, Empreendedores de Médio e Grande Porte, Micro e Pequenos Empreendedores, Instituições da Sociedade Civil Organizada, com ou sem fins lucrativos, Representantes de Grupos ou Coletivos, Guia de Turismo, Profissionais de Imprensa e Profissionais de Mídias Sociais.

Entre as empresas e organizações (Pessoa Jurídica), podem concorrer as iniciativas que contribuíram, comprovadamente, de forma significativa para o turismo do Distrito Federal, e que tenham sido implementadas por entes públicos, privados e/ou do terceiro setor nos últimos 24 meses, a contar da data de publicação do edital, e enquadrar-se em uma das 11 categorias previstas no regulamento, que são: Agências de Turismo, Agências de Receptivo, Equipamentos de Entretenimento Natural e/ou Cultural, Meios de Hospedagem, Experiências Autênticas – Turismo criativo e Turismo de base Comunitária, Produção Associada ao Turismo, Tecnologia no Turismo, Experiências Acessíveis, Expressões e Manifestações Culturais, Captação de Evento Nacional e Internacional, e Experiências reformuladas pós-pandemia.

A comissão julgadora dos candidatos habilitados será formada por representantes da Setur-DF, da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) e do Ministério do Turismo e da Fecomércio. Para a escolha dos vencedores, serão analisados critérios que vão desde a eficiência das ações implementadas à capacidade de aplicação das iniciativas em outros locais, passando pelos fatores de inovação, sustentabilidade e abrangência territorial.

eldogomes.com.br

Jornalista de Entretenimento e Streamer. @EldoGomes está sempre ao vivo no 🔴 YouTube.com/eldogomestv. Blogueiro há 11 anos sobre Turismo, Entretenimento e Política,