Transparência Internacional encerra agenda em Brasília nesta quarta-feira

No Brasil desde o último domingo, o presidente da Transparência Internacional, José Carlos Ugaz, já se reuniu com Sergio Moro e integrantes da força-tarefa da Lava Jato, em Curitiba, e com o procurador geral da República, Rodrigo Janot, e parlamentares, ontem, em Brasília. Hoje, em seu último dia na capital federal, Ugaz se encontrará com a Frente pelo Controle e Combate à Corrupção, uma iniciativa de servidores da CGU com organizações da sociedade civil para lutar pelo fortalecimento dos órgãos de controle e pelo aprimoramento dos mecanismos de controle popular sobre a atuação estatal.

Os principais objetivos da viagem do presidente da Transparência Internacional ao Brasil são informar sobre a abertura de uma representação da TI no país; apresentar uma proposta estruturada de combate à corrupção no Brasil – a criação de um Sistema Nacional Anticorrupção (SNAc) –; e discutir a internacionalização da Lava Jato, através da atuação conjunta de órgãos de fiscalização de diferentes países, para investigar e processar também os crimes cometidos no exterior pelas empresas do cartel da Petrobras.

“A atual crise pela qual passa o Brasil traz oportunidades únicas para reformas de grande alcance e mudanças de práticas no país. Acreditamos que a TI pode ter um papel importante neste processo, contribuindo para os esforços da sociedade brasileira na luta contra a corrupção. Trouxemos propostas nesse sentido para o País”, afirma Ugaz.

eldogomes.com.br

Jornalista de Entretenimento e Streamer. @EldoGomes está sempre ao vivo no 🔴 YouTube.com/eldogomestv. Blogueiro há 11 anos sobre Turismo, Entretenimento e Política,