7 dicas para empreender no Turismo LGBTQIA+ segundo Fernando Bertozzi

O público é um dos que mais movimenta a economia do país e gasta em média 30% a mais do que outros perfis de turistas

Sendo o turismo LGBTQIA+ um segmento de grande potencial no Brasil, são viajantes natos. Segundo os dados do Sebrae, esse público é um dos que mais movimenta a economia do país, gasta em média 30% a mais do que outros perfis de turistas. 

Por isso, Fernando Bertozzi, pioneiro no segmento LGBTQIA+, que é gerente na Secretaria da Turismo de Búzios e organizador do maior festival gay da cidade, o “Pride Búzios” no Rio de Janeiro, separou algumas dicas para empreender nesse ramo. Confira: 

7 fatos sobre

1| Viagens lua de mel

“Felizmente, o casamento homoafetivo é uma realidade no Brasil, então apostar em viagens de lua de mel é certeiro, porque os casais têm procurado destinos que proporcionem uma experiência inesquecível pra eles.” 

2| Cruzeiros marítimos 

“Investir em saídas de cruzeiros para grupos LGBTQIA+ é fundamental, o ambiente de um cruzeiro é algo bem intimista para esse público. É importante que eles se sintam confortáveis para viajar sozinhos, acompanhados, precisam se sentir acolhidos.” 

3| Festas temáticas

“As festas estão sempre em alta, então quanto mais criatividade na escolha dos locais, dos temas, na decoração, melhor. Proporcinar uma experiência memorável é essencial.” 

4| Paradas do Orgulho e festivais 

“Sempre buscar incentivar e promover as paradas do Orgulho LGBTQIA+, porque são nelas que a comunidade se reúnem, marcham em busca dos seus direitos, protestam e lutam por algo que é direito de todo cidadão. Por trás de cada parada há uma causa.” 

5| Eventos esportivos 

“Promover a prática esportiva entre a população LGBTQIA+ é fundamental, porque infelizmente ainda temos um tabu muito grande nesse segmento. Eu sempre tive uma paixão pelas corridas e quando competia meu objetivo não era vencer, e sim, influenciar e trazer mais pessoas para o esporte.”

6| Pacotes promocionais 

Investir em pacotes promocionais de viagens para esse grupo está super em alma. Grupos LGBT costumam sair em excursões e viagens e grupo. 

7| Receptivo

A recepção conta muito para que este público seja fiel. A cidade e o comércio precisa estar capacitada para o atendimento para que falas preconceituosas não afetem o passeio dos viajantes. Por isso é importante conhecer o público e estar capacitado para atuar com ele. 

Acompanhe a gente no Instagram | 📸 @EldoGomes

Com informações da assessoria
[1] Verifique outros detalhes direto nas redes sociais
[2] Foto: Banco de Imagens / Pexels
[3] A ordem da lista é aleatória e não há nenhuma classificação.

Foto: Divulgação

@EldoGomes

▶️ Jornalista | Podcaster | You7tuber | Acompanhe no Instagram @EldoGomes | comercial@eldogomes.com.br