Yolo coworking recebe testes de realidade aumentada em Brasília

Imagina um sistema que controla o estoque de mercadoria, a quantidade de energia gasta em cada ponto do seu estabelecimento ou saber todos os dados de uma empresa apenas apontando seu celular. Isso já é possível por meio da realidade aumentada que está sendo testada no Yolo coworking em Brasília, pela empresa Yest Tecnologia residente do espaço. Na última terça-feira,10, as duas empresas receberam convidados e imprensa para apresentar o novo projeto, que contou com a participação do Superintendente regional do SEBRAE/DF, Valdir Oliveira e grandes empresários de diversos segmentos interessados no tema.

Founder da Yest, Fernando Oliveira,aproveitou a oportunidade para falar das vantagens da tecnologia conhecida como realidade aumentada que está sendo utilizada pelo Yolo Coworking, para que as empresas residentes no espaço compartilhado passem a utilizar a tecnologia disponibilizada pela empresa. Durante a fase de teste, a empresa disponibiliza placas com QR code para cada sala, garantindo o acesso, facilitado às informações de qualquer setor, incluindo a identificação dos dados, como site, redes sociais, telefone e também a possibilidade de saber sobre o consumo de energia de cada ponto.

“Imagina você entrar no coworking ou em um grande centro comercial e poder acessar informações sobre as empresas sediadas ali de forma fácil e rápida? É isso que vai ser possível com esta ferramenta que estamos testando inicialmente aqui no Yolo Coworking”, afirma Fernando Oliveira, engenheiro responsável pelo projeto e proprietário da Yest. O local passa a contar também com um poste de energia solar renovável para carregamento de celular, acompanhamento de irradiação e a quantidade de energia gerada por dia de acordo com a temperatura. É um sistema pequeno de monitoramento de usinas, que pode ser feito em larga escala.

Esta fase inicial de teste conta com três eixos distintos envolvendo o que há de mais atual em inovação tecnológica: realidade aumentada, por meio de placas de QR code para identificação de empresas; tecnologia IoT  (internet das coisas), informações enviadas para a nuvem, e que facilitam o armazenamento de informações; e inteligência artificial para identificar os padrões e níveis de uso de energia, temperatura e correlações, com o objetivo de fornecer insights para economias futuras.

A tecnologia contribui também com a divulgação dos produtos e serviços, e pode ser útil até mesmo nos processos de gestão e logística, como controle de estoque. Para Ana Cristina Alvarenga, CEO do coworking, o teste tem como objetivo futuro tornar o Yolo um espaço ainda mais sustentável, com tecnologias renováveis que possam contribuir para um meio ambiente mais equilibrado, “Fico feliz em saber que estão sendo produzidas aqui no Yolo, tecnologias inovadoras que contribuem para um ecossistema mais saudável e que facilitará o dia a dia de todos”, afirma Ana. Os teste estão em andamento e podem ser conferidos nas instalações do Yolo Coworking.

eldogomes.com.br

Por @EldoGomes | Jornalista Multimídia e YouTuber.