YouTube anuncia ferramentas para diminuir propagação de notícias falsas

eldogomes.com.br
Siga-me


O YouTube anunciou nessa terça-feira, 26, a inclusão de duas ferramentas que visam diminuir a propagação de notícias falsas e informações não confiáveis na plataforma. A partir de agora, os usuários do YouTube no Brasil encontrarão no painel de informações dois recursos que informam se aqueles dados foram verificados por veículos credenciados e, também, sobre o financiamento dos produtores de conteúdo.

Essas informações estarão presentes nas abas Notícias Principais e Últimas Notícias, que a plataforma do Google já havia criado para organizar a publicação de conteúdo jornalístico. A rede social, no entanto, diz reconhecer que algumas histórias postadas nas notícias podem se tornar alvo de desinformação e se propagar de forma indevida.

Para evitar que isso aconteça, a plataforma adiciona o Painel de Verificação dos Fatos, que contará com a participação de editores parceiros do Google. Nesse primeiro momento, já fazem parte da plataforma o Estadão Verifica, Boatos.org, Aos Fatos, Agencia Lupa, UOL Confere, AFP Checamos e Projeto Comprova. As notícias e informações que forem verificadas por esses veículos terão essa indicação visível aos usuários. De acordo com o Google, a ideia é ampliar o número de parceiros jornalísticos.

Para complementar as informações sobre a origem do conteúdo publicado, o YouTube também incluirá, nas abas de notícias, as informações sobre a origem de financiamento daquele veículo. Para os usuários, aparecerá se o editor daquele conteúdo é “financiado por completo ou em parte” por um governo ou se é um “serviço público de transmissão”.

FONTE: MEIO & MENSAGEM

eldogomes.com.br

Jornalista de Entretenimento e Streamer. @EldoGomes está sempre ao vivo no 🔴 YouTube.com/eldogomestv. Blogueiro há 11 anos sobre Turismo, Entretenimento e Política,