YouTube muda termos de uso e vai excluir alguns canais

YouTube está mudando, pela terceira vez em 2019, seus termos de serviço. A nova política deve ser atualizada no dia 10 de dezembro e, entre as novas coisas, a rede deixou mais claro que não precisa manter nenhum vídeo que não queira. “O YouTube não tem obrigação de hospedar ou veicular conteúdo”, afirmou o documento.

Essa afirmação tornou o YouTube alvo de inúmeras críticas: enquanto alguns argumentam que a plataforma poderia fazer mais para derrubar vídeos que violam as regras da empresa, outros afirmam que ela possui uma responsabilidade com a liberdade de expressão e não deveria controlar o que permanece nela.

Além disso, grande parte das atualizações estão ligadas com o YouTube Kids e a proteção para menores na rede. Em setembro, a Comissão Federal de Comércio (FTC) emitiu uma multa de US$ 170 milhões (R$ 705 milhões) contra o Google por supostas violações contra a Lei de Proteção à Privacidade das Crianças (COPPA).

O YouTube também concordou em fazer alterações para proteger ainda mais a privacidade das crianças e cumprir a lei. Os termos de serviço agora são acompanhados por uma seção atualizada sobre responsabilidade dos pais quando seus filhos usam a plataforma. Além disso, será emitido o aviso “se você é menor de idade em seu país, sempre deve ter a permissão de seus pais ou responsáveis antes de usar o serviço”.

Do Olhar Digital

eldogomes.com.br

Por @EldoGomes | Jornalista Multimídia e YouTuber.