Youtube promete reforçar defesa dos criadores de conteúdo na plataforma

O YouTube anunciou nesta quarta-feira (11) uma alteração em suas políticas de assédio, motivada pelo grande número de casos reportados na plataforma. Enquanto a rede é rápida na hora de retirar vídeos que violam as diretrizes da comunidade, o mesmo não pode ser dito dos casos de assédio aos criadores de conteúdo.

Matt Halprin, chefe global de confiança e segurança do YouTube, disse que a nova política “não proibirá apenas ameaças explícitas, mas também ameaças veladas ou implícitas. Isso inclui conteúdo que simula violência em relação a um indivíduo ou sugere que a violência física possa ocorrer”. Ele acrescentou ainda que “não permitiremos mais conteúdo que insulta maliciosamente alguém com base em atributos como raça, expressão de gênero ou orientação sexual”.

Do Olhar Digital

eldogomes.com.br

Por @EldoGomes | Jornalista Multimídia e YouTuber.