7 curiosidades sobre as festas típicas juninas no Brasil

01| Festa para os santos

No Brasil, a festa junina é tradicionalmente comemorada em devoção à três santos populares da igreja católica: Antônio, celebrado no dia 13, João, no dia 24, e Pedro, no dia 29

02| O “Caipirês” é Francês

As palavras “anarriê” , “alavantú” e “balancê” , usadas na marcação da quadrilha, são remanescentes da versão francesa. En arrière significa de volta; en avant tous significa todos para a frente, e balançoire pode ser entendido como dançar ou se movimentar

03|Campina Grande

O maior São João do mundo acontece tradicionalmente em Capina Grande, na Paraíba e recebe mais de um milhão de pessoas por ano.

04| Bandeirinhas

Originalmente, as bandeirinhas surgiram como forma de homenagear aos santos da festa. As imagens dos santos eram pregadas nas bandeiras coloridas e imersas em água, rito conhecido como lavagem dos santos.

05| Casamento caipira

O casamento Caipira surgiu como forma de zoar o casamento tradicional. A noiva aparece grávida e o pai dela vai com uma espingarda atrás do noivo bêbado. Após o casamento acontecer, os noivos puxam a quadrilha.

06| Balões

O uso de balões são um costume trazido pelos portugueses para o Brasil. No nosso país, ele está relacionado com o uso tradicional da fogueira e dos seus efeitos visuais, mas originalmente eram soltados de cinco a sete balões para anunciar o início da festa.

07| Fogueira

Para cada santo há um tipo de fogueira diferente. Na fogueira de São João as madeiras são colocadas em formato de cone. Na fogueira de Santo Antônio, as madeiras são colocadas em formato de quadrado. Já na fogueira de São Pedro, as madeiras ficam na posição de triângulo.

Texto redigido por @GabiLeaoDisney

Foto: reprodução pixabay.