Apagões no Amapá sinalizam alerta vermelho

Os dois apagões no Amapá geram o alerta para problemas de segurança energética em outras regiões do país. A falta de planejamento histórica do setor leva ao uso de usinas térmicas e geradores a diesel, mais caros e poluentes, encarecendo a conta de luz de todos os brasileiros

As regiões Sudeste e Sul vivem um momento de reservatórios em níveis muito baixos nas usinas hidrelétricas. Segundo o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura, Adriano Pires, no Sudeste os níveis devem ficar abaixo de 20% ao final dessa semana. O plano B, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (NOS), será o uso de térmicas a diesel.

A região Norte é a que mais sofre com a falta de um plano B, a chamada redundância, no sistema energético. Este problema é mais sério no Acre.

Já Roraima depende integralmente das térmicas, por não receber mais energia da hidrelétrica de Guri, na Venezuela. O estado não é ligado ao Sistema Integrado Nacional (SIN).

No Nordeste, há uma presença elevada de fontes eólicas, que são eficientes e representam energia limpa, mas de forma intermitente.

Do G1

eldogomes.com.br

|💻Blog de Entretenimento | EldoGomes.com.br |🎥Canal de Lives| YouTube.com/EldoGomesTV |🌎Colunista de Viagens 🌎#ViagensDoEldo