Colégio CCI Samambaia na Pandemia: Cultura Afro-brasileira 6º ano

No 6º ano, um dos assuntos que iniciou o 2º trimestre disse respeito a um dos movimentos mais populares do Brasil – o Olodum. O grupo é uma instituição não governamental, que tem como produto básico a cultura raiz da população negra do Pelourinho, bairro da capital Salvador, Bahia.

Em Artes, a história lendária desse patrimônio cultural da humanidade, segundo a Organização das Nações Unidas, a ONU, foi amplamente estudada pelos alunos, considerando as grandes dificuldades e preconceitos que os fundadores passaram no início da sua criação. Nas aulas, as turmas tomaram conhecimento da relação que o “manifesto” tem com o Egito.    

O primeiro disco gravado pelo Olodum fez referência ao país da Cleópatra e dos Faraó. Nas canções, os compositores destacaram algumas lendas egípcias, como as dos conhecidos Osíris, Ísis, Set e Hórus. Depois dessa viagem histórica ao passado, os estudantes confeccionaram os principais instrumentos musicais usados pela banda: surdo, atabaque, repique e agogô.

Por Francianne de Fátima

eldogomes.com.br

Jornalista de Entretenimento e Streamer. @EldoGomes está sempre ao vivo no 🔴 YouTube.com/eldogomestv. Blogueiro há 11 anos sobre Turismo, Entretenimento e Política,