Como foi o eclipse solar em Brasília

Nem os 30 ºC de Brasília na tarde deste sábado (14) espantaram os brasilienses da Praça do Cruzeiro, no Eixo Monumental. Abrigados embaixo dos guarda-sóis e das sombras das árvores, mais de três mil pessoas observavam o eclipse solar, que teve o seu ápice às 16h45, momento em que a Lua se alinhou entre o Sol e a Terra.

O Planetário de Brasília, equipamento público vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Distrito Federal (Secti-DF), em parceria com o Clube de Astronomia de Brasília, distribuiu gratuitamente 800 óculos com filtro solar, e alguns telescópios foram espalhados pela praça para que os presentes pudessem apreciar o fenômeno com segurança para a saúde dos olhos.

O morador de Santo Antônio do Descoberto, no Entorno do DF, Izaias Sousa, chegou cedo com a família e aguardava com grande expectativa o momento do eclipse. “Eu sempre fui fã de astronomia e vim em busca dos óculos, pois nas lojas os com filtro fator 14, que eram os recomendados, estavam esgotados. Saí cedo de casa com meu pai, mãe e dois irmãos para acompanharmos o fenômeno aqui na praça. Hoje, é uma honra estar aqui, quero parabenizar o GDF pela iniciativa de distribuir o equipamento e nos proporcionar esse momento único”, disse o auxiliar administrativo.

Fotos: Geovana Albuquerque/Agência Brasília