Governador Ibaneis Rocha visitou obras do Drenar DF

Governador Ibaneis Rocha visitou, nesta terça-feira (10), as obras que vão resolver os alagamentos no início da Asa Norte; bacia de contenção começa a receber obras complementares

O mais ambicioso projeto de drenagem de Brasília atingiu um marco importante nesta semana. Por debaixo da terra, os túneis do Drenar DF já alcançaram 3,6 km de um total previsto de 7,68 km. O trabalho subterrâneo, no método tunnel liner, evita transtornos para os moradores das regiões onde as obras são executadas. As escavações passariam quase despercebidas pela população, não fossem os poços de visita (PVs) estruturados pelo caminho.

Na superfície, ao alcance dos olhares mais curiosos, a escavação da bacia de contenção que atenderá o programa, localizada na L2 Norte, está perto de ser concluída – mais de 233 mil m³ de solo foram removidos, faltando menos de 13 mil m³ para o fim.

O Drenar DF saiu do papel em janeiro deste ano, depois de duas décadas de espera, para sanar antigos problemas de inundação em áreas críticas da Asa Norte. O Governo do Distrito Federal (GDF) investiu R$ 174 milhões na construção da nova rede de escoamento nas quadras iniciais do bairro, com tubulações saindo das proximidades do Estádio Nacional Mané Garrincha e descendo pela via L4 Norte, até chegar ao Lago Paranoá.

Foto: Renato Alves/Agência Brasília