Mais um ciclone causa estragos no Sul do Brasil

Um novo ciclone com fortes ventos e chuvas passou pelo Rio Grande do Sul e por Santa Catarina entre a madrugada desta 4ª feira (8.jul.2020) e a noite anterior. O fenômeno foi diferente do chamado “ciclone-bomba”, que atingiu a região Sul na semana passada e deixou pelo menos 9 mortos.

A prefeitura de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, mapeou 13 pontos de alagamento e 59 ocorrências foram registradas. O fenômeno natural atingiu o oeste e o nordeste do Estado, atingindo outras cidades importantes, como Caxias do Sul e Novo Hamburgo.

Em Santa Catarina, a cheia de 2 afluentes do Rio Mampituba alagou ruas e isolou comunidades em Praia Grande, a cerca de 30 quilômetros de Torres (RS), na divisa com o Rio Grande do Sul. A Defesa Civil estima que, em poucas horas, o nível do rio subiu cerca de 5 metros antes de a chuva cessar, perto das 6h da manhã, e ele voltar a baixar. Ao menos 80 casas foram alagadas e 70 pessoas tiveram que ser levadas para 1 abrigo improvisado no ginásio municipal de esportes.

A Defesa Civil do Estado afirma que a frente fria deixa o mar agitado no litoral sul catarinense até pelo menos a noite de 5ª feira (9.jul). Nesse período, as ondas devem atingir de 2,5m a 3m –razão pela qual atividades como pesca, navegação marítima e banhos de mar devem ser evitados enquanto as condições climáticas persistirem.

Com informações da Agência Brasil

eldogomes.com.br

Jornalista de Entretenimento e Streamer. @EldoGomes está sempre ao vivo no 🔴 YouTube.com/eldogomestv. Blogueiro há 11 anos sobre Turismo, Entretenimento e Política,