Reabertura da Concha Acústica foi festejada com vários estilos artísticos

A Concha Acústica foi reaberta, nesta quinta-feira (19), após ser totalmente reformada. Inaugurada oficialmente em 1969, o primeiro palco de shows da capital, que recebeu grandes artistas do Brasil e do mundo, não passava por obras havia 18 anos.

Entre os serviços feitos, estão pintura completa, revitalização do piso e do alambrado, instalação de refletores, substituição de vidros, limpeza das lajes, reparos hidráulicos e elétricos, entre outros. O investimento foi de cerca de R$ 500 mil e gerou mais de 200 oportunidades de emprego.

Administrado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), o equipamento público contou com uma programação especial de reabertura: apresentações de dança, concerto da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro e a exibição do filme O Outro Lado do Paraíso.

Os próximos eventos programados para o local podem ser conferidos na página do Instagram do projeto Complexo Cultural Beira Lago. A Organização da Sociedade Civil (OSC) Amigos do Futuro é responsável pela programação.

O governador Ibaneis Rocha prestigiou parte da programação desta noite (19). “Reabrimos o MAB [Museu de Brasília], que estava fechado havia 14 anos e agora a Concha Acústica. Estamos trabalhando para estabelecer todos os ambientes culturais do Distrito Federal, abrindo aqueles que estão fechados também”, declarou o chefe do Executivo local.

Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

@EldoGomes

▶️ Jornalista | Podcaster | You7tuber | Acompanhe no Instagram @EldoGomes | comercial@eldogomes.com.br