Governador Ibaneis Rocha vai oferecer 10 mil bolsas do novo cartão-creche

Para tentar suprir uma demanda reprimida de cerca de 25 milcrianças com entre 0 e 3 anos, o governo do Distrito Federal anunciou a criação de um cartão-creche que será distribuído a 10 mil famílias até o fim do ano.

O auxílio será de R$ 803,57 mensais para matrícula em unidades da rede privada (entenda abaixo). Com isso, a previsão é que o governo invista R$ 8 milhões na primeira etapa, em 2020. O benefício é destinado, exclusivamente, ao pagamento de mensalidade.

Para reforçar a rede pública de creches, cinco novos Centros de Educação de Primeira Infância (CEPIs) serão inaugurados ainda em fevereiro em São Sebastião, Ceilândia, Plano Piloto e Samambaia. Juntos, eles vão ofertar 900 vagas. Outras 8 mil serão abertas com a saída de crianças que completaram 4 anos.

Ao todo, o GDF tem 131 creches conveniadas que atendem cerca de 22 mil crianças. No entanto, o número de inscritos no sistema da Secretaria de Educação à espera de uma vaga “passa de 60 mil no DF”, segundo o assessor de relações institucionais da pasta, Gerson Vicente de Paula Júnior.

Com o cartão-creche, o governo espera superar o déficit de atendimento em dois anos. A distribuição do benefício será fracionada em semestres, sendo entregues 5 mil até junho, e mais 5 mil até dezembro de 2020. O mesmo procedimento se repetirá no ano que vem.

“Com o dinheiro, os responsáveis vão pagar a mensalidade em uma creche privada escolhida por eles”, explicou o assessor da Educação. Segundo Gerson, os R$ 803,57 foram definidos com base no valor pago pelo GDF para cada aluno matriculado em creches conveniadas.

Do G1/DF

eldogomes.com.br

Por @EldoGomes | Jornalista Multimídia e YouTuber.