Sindicato dos Jornalistas reivindicam atenção a categoria em Brasília

Após protesto realizado hoje (9) em frente ao Palácio do Buriti pela vacinação da imprensa, integrantes dos sindicatos dos Jornalistas e Radialistas do Distrito Federal foram recebidos pela secretaria de Atendimento à Comunidade do DF para tratar do assunto. A reunião foi um passo importante da categoria rumo à vacinação contra a Covid-19 — visto que o jornalismo é considerado atividade essencial no Decreto Federal 10.288 desde 22 de março de 2020.

Durante o encontro, a secretaria solicitou aos sindicatos que informassem uma estimativa da quantidade de profissionais que precisam ser vacinados. O GDF também pediu que as entidades apresentassem critérios para a ordem de vacinação dentro da categoria — por exemplo, a partir da função exercida (reportagem, produção, edição) ou do ambiente de trabalho (na redação, na rua, setoristas).

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do DF, no entanto, não possui esses dados atualizados. Para realizar esse levantamento, a entidade depende da colaboração das empresas de jornalismo. Para isso, o SJPDF está entrando em contato com os veículos e assessorias para solicitar o detalhamento do número de jornalistas que atuam em cada empresa, além de suas funções e do regime atual de trabalho (home office, presencial, externa, etc.). Conforme acordado na reunião com a secretaria, o Sindicato dos Radialistas do DF também deverá fazer o mesmo levantamento.

Ressaltamos que esse primeiro contato com o GDF não garante que a imprensa será incluída nos grupos prioritários de vacinação. A reunião, no entanto, representa um passo importante nesse sentido, dentro da burocracia estatal do governo. O SJPDF não medirá esforços para convencer o GDF sobre a importância de proteger os profissionais da imprensa em meio à pandemia sem precedentes que vivemos atualmente.

Foto: Reprodução / Boletim do SJPDF

@EldoGomes

▶️ Jornalista | Podcaster | You7tuber | Acompanhe no Instagram @EldoGomes | comercial@eldogomes.com.br